Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nunca saberás que...

Bateu forte a tristeza,
depois que a intransigência
fechou mais uma porta
e nem ao menos quis ouvir
motivos, e aceitar
explicações...
Bateu forte a saudade
depois que percebi
o quanto fazia falta
a doçura de tuas palavras
que me acostumei a ouvir
sempre naquele mesmo horário...
Bateu forte o arrependimento
depois que destruí a ponte,
cortei as amarras e caminhei,
sem olhar para trás.
Bateu fundo o silêncio,
depois que eu calei a música
e fechei os ouvidos
à tua voz...


31/07/2001
Mareluz
Enviado por Mareluz em 20/10/2006
Código do texto: T269482
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mareluz
São José dos Campos - São Paulo - Brasil
679 textos (19404 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 18:12)