Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUAL SUA BUSCA POETA?

A poeta não busca fama, reconhecimento...
Sua alma é sonhadora demais para isso
Antes, ela busca tocar corações endurecidos
Dar voz aos espíritos gagos, indecisos!
 
Mas... E em toda história aparece o mas...
Não se engane aqueles, os mais incautos...
A poeta sempre tem um amor escondido
Um só muso... Um só abrigo!
 
Porém nem só de traduzir amor vive a poeta
Sua estrada é de um amplo totalitarismo...
Coloca os leitores em luta com suas convicções
Tentando fazê-los sair de seu obscurantismo!
 
A poeta busca acabar com a linearidade
Do pensar de seus leitores e ouvintes...
A vida fica pesada se a levarmos a sério demais
É preciso jogo de cintura para acabar com essa chatice.
 
E ao escrever sobre o amor, a música, a política,
Os devaneios ou até mesmo o sexo...
Busca tirar o mofo da impenetrável soberba
Que encontra nalgumas pessoas, no seu caminho!
 

Quer a discussão de preceitos... Mudar posturas rígidas de vida
E, se conseguir tirar um só leitor de sua aridez mental...
Fazê-lo entender que conceitos não são imutáveis
Terá valido à pena escrever, vivendo mais esse desafio!
 
Mesmo sendo discriminada... Invejada...por poucos entendida
Vai continuar no sonho divertido de navegar nas palavras
Surpreendendo, estimulando, dinamizando a escrita...
Um dia quem sabe se cala...  Mas isso é prosa pra outro dia!
 

Enloucrescida
Enviado por Enloucrescida em 20/10/2006
Código do texto: T269483

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Enloucrescida
Santo André - São Paulo - Brasil
634 textos (89716 leituras)
14 áudios (2047 audições)
4 e-livros (1045 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:03)
Enloucrescida