Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Baú

Descobri você no fundo de um baú, entre coisas e coisas mil que o mundo esqueceu, como a simplicidade e a vontade de não ferir o outro.
Um sorriso gostoso, um brilho no olhar sincero, onde a luz é esse sossego.
Dá vontade de se perder nesses olhos seus.
Paz já encontrei nesse baú onde você jazia, esquecida entre as coisas boas que o mundo esqueceu.
Rara, incontrolável, divertida.
Esse mundo perdeu as melhores coisas do mundo.
Ai que sorte a minha, você ficava ao lado da sorveteria, acima de uma fotografia bonita de Elvis – que ficava te olhando com olhos de desejo.
Também encontrei álbuns da copa de 86.
O doce que eu comia, que nunca encontrei mais.
Ah, você tão linda! E estas coisas tão raras.
O mundo perdeu você e eu achei.
Só não quero ficar preso nesse baú, ele está sempre de boca aberta comendo as coisas que o mundo vai perdendo – coisas das quais que depois tenho saudade.
Sérgio Caldeira
Enviado por Sérgio Caldeira em 29/12/2010
Reeditado em 31/12/2010
Código do texto: T2698169

Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sérgio Caldeira
Itapecerica da Serra - São Paulo - Brasil
89 textos (6791 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/07/17 10:02)
Sérgio Caldeira