Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Se você fosse a minha namorada...

Se você fosse a minha namorada,
ah, que linda namorada você poderia ser!...
Ficaria muitas e longas horas, encantada,
saboreando os meus versinhos para você...
Nas briguinhas, você, furiosa,
devolveria fotos e bilhetes com um palavrão,
para depois, desesperada e chorosa,
esperar-me para dar e receber perdão...

Depois de uma mágica noite-madrugada,
onde todos os santos prazeres vadiamos,
você passaria uma mensagem, ansiosa, despudorada,
perguntando: "A que hora recomeçamos ?..."
E eu adoraria vê-la, por meu amor alucinada,
em vigilância feroz, ciumeira crua,
furiosa por causa do meu olhar, de luxúria debochada,
nas gostosas circulando pela rua...


E quando uma separação pudesse ameaçar
desfazer tão doces e encantados laços,
todas as horas seriam apenas horas de esperar
o momento de voltar para os teus braços....
E quando abraçados estivéssemos caminhando,
nas tardes amenas da nossa estrada a palmilhar,
eu sentiria, com meu peito de ternura transbordando,
que se eu te perdesse, não mais poderia me encontrar!...


Antonio Maria S Cabral
Enviado por Antonio Maria S Cabral em 21/10/2006
Reeditado em 07/02/2011
Código do texto: T270233
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antonio Maria S Cabral
São Luís - Maranhão - Brasil
1271 textos (155711 leituras)
1 e-livros (286 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:08)
Antonio Maria S Cabral