Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

N A D A

O palpitar da vida, às vezes, se assemelha
ao crepitar do raio que numa centelha
fulgura e brilha explodindo em luz.
mas que depressa logo é apagado
e moribundo jaz, mísero e ofuscado
pelo trovão que ribombeia e estruge.

O cáos avança e cresce enegrecido
pelas limalhas da explosão sonora.
Vai deslizando, vem do além, do olvido...
qual furacão corrói e apavora.

Rapidamente a noite desce:
imensa e densa ligeiro se aprofunda.
Como um lamento o som percute,
ressoa,  inda retumba
no firmamento, errático e agonizante.

Depressa cessa, e o que dele resta?
Só o silêncio a ecoar no tempo.






HLuna
Enviado por HLuna em 22/10/2006
Reeditado em 22/10/2006
Código do texto: T270311
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (http://recantodasletras.uol.com.br/autores/helenaluna). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
HLuna
Fortaleza - Ceará - Brasil
9351 textos (235865 leituras)
15 e-livros (905 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:22)
HLuna