Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O vento e eu

Não consigo distinguir o vento
Ele passa sobre meus cabelos
De maneira invisível,
Disfarçando-se de brisa.

Mas é incômodo
Usa força e velocidade
inclusive nos dias frios,
Parece alegria
Mas é desolação...

O vento voa pelas praias
E pelo os chapadões...
É esperto e inquieta a alma,
Chega a ser espevitado
Nas chapadas do sertão.

Vento bárbaro que tira
Todos os meus incentivos
Detona árvores de verdade,
Arrepia meus cabelos e se vai...

Não sei distinguir o vento,
Nem conheço sua desventura
Se só afaga a árvore nua,
Ou se é vedadeira mentira,

O vento é algo que não pego
O vento forte me sufoca,
Me obriga a fechar os olhos,
A meditar, a olhar no espelho,
E me cobrir para dele proteger.

R J Cardoso
Enviado por R J Cardoso em 22/10/2006
Reeditado em 22/10/2006
Código do texto: T270567
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
R J Cardoso
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
3129 textos (79579 leituras)
2 e-livros (393 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:37)
R J Cardoso