Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minha Arte de Escrever


Minha vida era vazia
Preenchi meus espaços
Com palavras fluentes em mim
Alento na arte que vai além
Atravessam olhos
Penetram a alma
Solidão já não me dói
Ao passo que o verso que se constrói
Inspiração acaricia meu ego
Quanto mais ao texto me apego
Melhor e solidária companhia
Meus poemas e minhas poesias
Outros textos e obras alheias
São combustíveis em minhas veias
Aprazo-me dos carinhos amigos
Que me enviam textos precisos
Meus momentos conturbados sentem
Sensíveis seres que se dão docemente
Ai de mim não fosse a escrita
Saídas e soluções sucintas
Remediando a dores do mundo
Que eu mergulho bem profundo
Sendo profundamente sentimental
Este é um deleite a mim fundamental.
Nelciene Santos
Enviado por Nelciene Santos em 22/10/2006
Código do texto: T270704

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Textos: Nelciene Santos http://recantodasletras.uol.com.br/autores/poesinel). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nelciene Santos
Cabo de Santo Agostinho - Pernambuco - Brasil, 44 anos
1098 textos (68612 leituras)
1 e-livros (34 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:39)
Nelciene Santos