Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TOCAVA HARPA NAS MONTANHAS

tocava harpa nas montanhas
para esquecer um grande amor
diziam que era como um bicho
arredio solitário calado
espreitando a vida passar no silêncio de sua toca
na agonia de seu viver
ninguém nunca falara com ele
nem vira brilho de estrelas em seu rosto de medusa

tocava harpa nas montanhas
para esquecer um grande amor
eu ouvia a música transbordando do mato
música bonita machucada de saudades
e ficava pensando em minhas cicatrizes
ana maria
ana rosa
ana clara
tantas anas que se hospedaram em meu coração
e que partiram para sempre
deixando meu leito manchado por reticências salgadas

tocava harpa nas montanhas
para esquecer um grande amor
hoje escuto apenas a brisa branda e cansada
rastelando para longe as palhas do tempo
fosso da memória

pobre harpista apaixonado
agora é só uma dor cevada na paisagem
esquecido numa cadeira orvalhada ao sol
comido pelos musgos pelas heras
espera apenas o entardecer
e seus suaves mistérios
José Antonio Martino
Enviado por José Antonio Martino em 22/10/2006
Código do texto: T270884
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Antonio Martino
Atibaia - São Paulo - Brasil, 48 anos
46 textos (2946 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 08:43)
José Antonio Martino