Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Temporalidade


Euna Britto de Oliveira
www.euna.com.br



O acontecido é como se não tivesse sido,
o que vai acontecer continua adormecido.

Tento equilibrar-me entre o sonho e a corda,
o fundo do abismo me acorda!

Um pé no sempre e outro no agora,
não sei se consumo o tempo
ou se o tempo é meu consumidor...

O último dos descamisados
passou em minha porta e eu não vi,
nem percebi a mensagem do corpo que decai...
Quando me disseram “devagar com o andor”,
eu entendi “devagar com a dor”...
Entrego os pontos ...
E cada ponto que entrego dói!

Vida longa têm o sol, as estrelas, o mar,
as montanhas, os mitos, os ritos,
os restos dos dinossauros, as múmias,
as coisas conservadas nos museus, os escritos nas cavernas,
o pano de fundo que é o mundo...

Urgente é o que está escrito no envelope da carta que precisa chegar logo!

Urgente é o que todo ser humano é!
Ai, que dor pra ser melhor!
Conforme a prova,
reprova!
Ai, que dor pra ser mulher!
Conforme a contração, trespassa!...
Mas passa!...
Euna Britto de Oliveira
Enviado por Euna Britto de Oliveira em 22/10/2006
Código do texto: T271082
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Euna Britto de Oliveira
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
995 textos (34686 leituras)
6 áudios (364 audições)
12 e-livros (692 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:10)
Euna Britto de Oliveira