Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Despertar

Deixe que eu fale, não queira calar minha voz,
das marcas que trago em mim tatuando meu corpo nu,
sinais do fogo abrasante, que rompendo tabus,
encrava em nosso destino o desejo latente que trazemos em nós.

 
Cruzando nossas almas num vôo de luz,
libertando e protegendo os amantes,
que num pulsar dilacerante, desmedido, empolgante,
mergulham no prazer alucinante onde a paixão seduz,
envolve-nos nos laços de sua chama que reconduz
à origem do ato que freme exultante;
 magia do desejo constante que lascivo nos conduz.
 
 
Flâmula iniciática,
fusão enigmática de almas encantadas,
ressoa em nossas essências as paixões guardadas pela vida
ainda em estado de dormência,
que despertem revestindo-se de realeza.
Implacáveis, transportam-me ao espaço do seu tempo
onde encontro a cura para todo e qualquer lamento.
Eleva-nos em consciência à perfeição do que somos,
amantes num porvir glorioso,
entregando-nos ansiosos em corpos fogosos,
ao êxtase iniciado em um beijo carinhoso.
Aisha
Enviado por Aisha em 23/06/2005
Código do texto: T27139
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aisha
Jundiaí - São Paulo - Brasil, 50 anos
791 textos (35176 leituras)
1 e-livros (57 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 08:35)
Aisha