Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A áurea tarde que soma...

A áurea tarde que soma
Entre estas sedas que se soltam
O olhar que espreita o tempo
Pela espera que visceja
Árduos minutos que acalentam
A próxima entrada em devaneios
Tal como pirata invado
Riscando o espaço com minha sede
Tomando-te nos braços
Tomando-te em beijos
Inebriante volúpia com a sagaz espera
Vestes esvoaçam sem pressa
Cá estou, é o que importa
Sinto o frêmito de teu corpo
O brilhar intenso do olhos
Sinto teus cheiros entumescidos
E as ardentes mãos que me abraçam
Teus seios latentes em minha boca
Sorvendo este calor insano
Sorvendo teus primeiros gozos
Trazendo-te para o meu teso
Para tirar teus mais loucos gemidos
Depois de um gozo profundo
Pequenas libações para todos os deuses
Dos céus e do mar.

Olho teu corpo ainda nu que recupera o fôlego.
Com tanto carinho pela noite afora.

Peixão89
Basta ler abaixo para sentir a maravilha que é escrever.

Eis-me aqui

Rose Mary Gomes Sadalla

Insegura, amante e tremula
Ardendo como velas acesas
Incandescentes em mim.

Na minha mente insana, plena de ti
Eis-me aqui,

Num relicário de um templo marcado
Da espera pelo milagre do amor pleno
Prisioneira voluntária da minha teia de sonhos
Vontade plena que me libertes, vontade plena de ti
Eis-me aqui
Num altar de sedas rosadas, espelhos e brilho no olhar
Sedentas, úmidas as mãos em reza ao meu amado
Meus olhos que se encerram te sentem a presença,
Chegada do meu ser que se transporta com palavras recreadas
No fulgor tenaz de cada momento que a paixão nos retém
Eis-me aqui

Importam os gemidos, celebramos o amor que chega
Vem...!
Inunda-me com esse amor que retemos...!
Banha-me,

Devolve-me o corpo limpo para respirar
Percorre-me com teus lábios suaves, tão de menino
Abraça-me com este teu jeito de homem feito.

Faz deste nosso momento único e só nosso
Somente meu e teu, somente nós
Redescobre-me, ama-me....ama-me.

Rio de Janeiro- RJ - Em 03 de Janeiro de 2003
Peixão
Enviado por Peixão em 23/06/2005
Código do texto: T27154
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120249 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:39)
Peixão