Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nova Vez

Andei até meio perdido
fim de um amor desvalido
que me prendeu
por anos
na teia de seu próprio tempo
sem olhos
amor uno e fatal
que bem no fundo
despedaçou
e fez mal

Passada essa tempestade
lerda e duradoura
nova jornada se aponta
um dama
que clama
para  teu o seu amor

Nos encontramos ao acaso
são fatos
as trocas e os relatos
apontam
idênticas situações
experiências que aproximam
será um nova vez

Que este amor que desperta
seja ardente e duradouro
tal qual desejo de amantes
são planos
que seja porém
sem teias
e que nos faça
só o bem.
CesarO
Enviado por CesarO em 23/10/2006
Reeditado em 23/10/2006
Código do texto: T271695
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CesarO
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 60 anos
873 textos (24111 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:23)