Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OUTONO

No voz do vento
vi teu queixume
teu desalento
morria o lume
nesse momento.
 
Na voz do vento
salpicos de água
uivos de feras
contos de fadas
tu te despias
te desfolhavas.
 
Na voz do vento
trina a guitarra
fado menor
aves de agouro
soltam gemidos
gritos de dor.
 
Na voz do vento
os olhos teus
baços
parados
dizem adeus.





Leiria, Portugal
Orlando Caetano
Enviado por Orlando Caetano em 24/10/2006
Código do texto: T272478
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Orlando Caetano
Portugal
172 textos (15678 leituras)
26 áudios (2932 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 02:11)
Orlando Caetano