Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

se fosse o dono do festim...

...num outro mundo, nesse onde os imaginários uivam, assinas a vitória como se a noite perdida fosse o desejo que faz história no desnudo sombrio...

...se fosse dono do festim, enfeitava o vazio de nenufares e atrelava o prazer às palavras segredadas...

...como se a noite cadente parisse o dia no segredos dos anjos e estes afogassem a máscara da pureza falseada...

...depois, talvez cantasse as palavras póstumas na melodia dos olhos dispersos que olham e procuram as dedadas deixadas na batalha do sexo...

...então, cederia beijos aos espasmos ventriloquos onde finjo o adolescente que os anos desaparecidos roubaram...

...bem no centro da ideia, umbigo de qualquer texto, deixaria cravado um afecto, para que se retrospectivasse o eden colorido da inconclusa fantasia...




=================================


À Silvia
João Videira Santos
Enviado por João Videira Santos em 24/10/2006
Reeditado em 29/10/2007
Código do texto: T272601

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (João Videira Santos). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
João Videira Santos
Lisboa - Lisboa - Portugal
233 textos (16636 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:37)
João Videira Santos