Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A musa e o poeta

Cruzei a noite, silenciosa,
pensativa sobre o dia,
murmurou-me a alma consolada:
- A tormenta passou, agora sorria.

Vem comigo nesta manhã
sentir o perfume das trilhas
do jardim dos encantados
ali flui a vida, que maravilha.

Vem, vamos para a floresta,
na orla da mata cavalgar,
de mãos dadas, enamorados,
e com a alma a cantarolar.

O coração está liberto
dos laços que o prendiam
livre, solto, qual potro azul
a voar nas pradarias.

E na cúpula azul do céu
voemos juntos, anjos alados,
livres da dor e da culpa,
de que amar seria pecado.

Vem, meu anjo, agora é a hora
tão esperada, a hora dileta,
de cantar ao mundo o belo amor,
que sentem a musa e o poeta.
Maria
Enviado por Maria em 25/10/2006
Código do texto: T272877
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
4549 textos (185895 leituras)
1 e-livros (103 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:06)
Maria

Site do Escritor