Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

taquibronquia

ele balbuciava de uma maneira rápida e engraçada;
a multidão que não extingue havia corrido a estância do crânio,
sustentou-se pelo teto como se fosse de emboscada
e voltava aos olhos com outras cores, nem menores, nem salgadas.
ele balbuciava algumas palavras que não diziam;
redirecionandoantagonismoembrionário~
eram palavras longas
que os lábios não contornavam.
ele gesticulava alguns dedos ao ar;
os ombros saltitavam enquanto presos a uma magra veste
que trajava branco de paredes brancas.
ele balbuciava de uma maneira rápida e introvertida;
era o vapor da enseada
cobrindo os pulmões das donzelas
e soprando velas de bolo.
era o hálito de oceano que alimentava as linhas do mar,
e ele balbuciava, e balbuciava, antes mesmo de acordar.
Augusto Guimarães
Enviado por Augusto Guimarães em 25/10/2006
Código do texto: T272967
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Augusto Guimarães
São Bernardo do Campo - São Paulo - Brasil, 29 anos
39 textos (2181 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:01)
Augusto Guimarães