Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pai

Um pedaço de mim

Essa não é mais uma simples poesia, não a escrevo como um poeta amador, e muito menos profissional, queria poder apenas deixar as palavras descerem, como fazem algumas vezes, como fizeram quando eu me dei sentido de ter de escrever essa poesia. Não para uma garota, não para um amigo, muito menos a uma editora; uma poesia que tiro do fundo da alma, para tentar colocar em palavras, o que nada pode dizer.
Queria fazer a mesma se igualar a canção do "Fábio Jr.", porém, não quero uma cópia do outro, quero algo a tão precioso quanto a mesma.
Uma poesia que fale de nosso maior inimigo e melhor amigo por toda a vida, nosso herói, nosso desastre, a pessoa que sempre odiamos e sempre amamos, a tempos devia ter escrito isso, porém, percebi isso com as desavenças da vida, e agora tento transmitir isso com o fundo de um coração que não sabe caminhar.
Escrever a poesia que pode mudar sonhos, pode mudar vidas, pois não fala do amor, não de um simples amor, uma poesia escrita para Meu Pai, meu melhor e único Pai.

"Há tempos"

Não é de hoje que quero lhe dizer
Mas não de ontem que venho a perceber
Que os dias não teriam noites sem você

Minha vida estaria em pedaços
Meus sonhos...
Esses... longe de serem alcançados

Meus pesadelos
Todos os dias
Com noites sem elos.

Queria te dizer
Que pude lhe odiar
Mas também pude ainda mais te amar

Vi seu olhar
Um dia a me desprezar
Mas logo me mostrar que melhor pessoa... Não há

Procure centenas de motivos para de ti não gostar
Os encontrei...
Mas também procurei os mesmos para lhe amar
E encontrei apenas um...

... Ser meu pai
Não meu “criador”
Mas meu professor...
E Cultivador

Pedia para você partir
Esperava que você se fosse
E logo desejar para você sumir...

Porém a vida me mostrou....
Sonhos se crescem
E nas horas ruins lá estava você
Com suas preces, aquelas que queria que desaparecessem.

O tempo me mostrou
A vida me ensinou
E olhando hoje a ti
Pergunto-se, até quando estarei com você?...

Não tenho a resposta
Mas espero que um dia
Possa lhe dizer...
Algo que ainda não posso fazer...

Não com letras
Mas com palavras
Uma canção
Dizer que você é grande parte do meu coração.

Dizer que sou seu rosto
Quando o ignorei
Pois estava de olhos vendados
E hoje tudo já não parece complicado

Venci, posso dizer
Mas tinha você
E vou continuar
Até realmente poder te agradecer

Não por ser meu amigo
Não por ser meu criador
Mas apenas por ser...
Por ser meu pai...
Um verdadeiro pai.
Fagner Costa Fonseca
Enviado por Fagner Costa Fonseca em 25/10/2006
Código do texto: T273007
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fagner Costa Fonseca
Hortolândia - São Paulo - Brasil, 28 anos
40 textos (2001 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:49)
Fagner Costa Fonseca