Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tampa de Garrafa!

Passagem gratuita de carteira clandestina,
Busca & apreensão de beijos roubados,
Sentidos adulterados pelas fragrâncias,
Esquecimento como delito volátil,
Carregamento obscuro de lágrimas falsas,
Ares, corroendo desejos com tesão,
Desvirtuadas anistias de alguns pecados,
Dois docinhos a mais, outras massas,
Ah! O olhar nunca teve vergonha,
Mesmo vendado, pressente um belo riso,
Bem como todo o calor do corpo,
Desnudando até a alma da mulher,
Nem adianta reclamar, é automático,
Sensores, radares, mira, detectores,
Basta a aproximação, a presença,
Pode ser uma maldita sina...

Terrenos marcados para corações afoitos!

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 25/10/2006
Reeditado em 26/10/2006
Código do texto: T273022
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120250 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:44)
Peixão