Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LUAR DO SER TÃO...

Meu peito, uma janela, meu coração, o sol,
esquentando o caminho, todos passaremos,
os que se foram virão, os que virão
foram os mesmos que foram embora,
o coração da terra bate forte,
pulsa, quase norte, ainda respira,
acredito em você, na janela,
acredito nas estrelas, tão belas,
acredito nos poemas intraduzíveis
que nascem de pés de palavras
que plantaram, aqueles, os outros,
enquanto o vento refresca seus cabelos,
enquanto o fel aprende com o açúcar,
o pólen beija sua nuca, te morde,
messias fogem da luz, os vampiros,
os cães nascem e se parecem,
os sonhos se parecem, eu pareço com você,
vê, minhas mãos, iguais as suas,
teus olhos, faróis de todos os sentidos,
tuas pernas, passo a passo, dia a dia,
te dou um pedaço de mim, o que amo,
a chuva, seus raios, o céu azul,
toma, é tudo seu, até a tristeza do outono,
o riso da serpente caída na estrada,
a praia que estica seus braços
e toca seus pés cansados de círculos,
nem pense nos jovens suicidas, nem pense,
nem pense nos meninos na guerra, na guerra,
o clarão do dia dói, dói, o som da luz,
mesmo assim te amo, mesmo assim te escrevo esse poema,
mesmo assim escrevo uma canção para cantar,
mesmo que nos chamem de vendidos,
de perdidos onde nada se encontra,
vê, a mão da criança se estende em sua direção,
vê, o fogo busca o frio da alma,
o casebre guarda uma familia,
um homem, uma mulher, seus filhos,
a terra caminha em busca do sol final,
teus passos, só teus, a vida dentro,
a vida fora, pássaros, riachos, rios,
é longo o caminho até a alma,
é longo o caminho até a cabana,
entre, lá, lembrado e esquecido,
seu espírito te espera.





































Preto Moreno
Enviado por Preto Moreno em 25/10/2006
Reeditado em 25/10/2006
Código do texto: T273509

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Orivaldo Grandizoli). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Preto Moreno
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil
6777 textos (102521 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:11)