Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O JARDIM DO EDD



Nada me resta além de fecundar palavras
Explodir os verbos na luz das queimadas
Fazer da costela os frutos do dia
EVAporar tentação na mordida da poesia

Sugar da serpente o beijo cálido selvagem
Fabricar do veneno minha própria imagem
Notória quando a carne se fez verso
Ao habitar insana criadora do universo.

Venham anjos doces colibris de repente
Na linguagem infernal sôfrega enlouquente
Recriar meu canto terno, piedoso, enfim

Voai, voai ao voraz paraíso bárbaro de Zeus
E dizer-lhe da formosura dos amores meus
Das rosas poéticas deste eterno sagrado jardim.

                                    Edd Wilson
edd wilson
Enviado por edd wilson em 26/10/2006
Código do texto: T273710
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
edd wilson
Marituba - Pará - Brasil
42 textos (1309 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 13:35)
edd wilson