Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Anjo da Noite

Mãos atadas erguem-se para o céu
Em busca de libertação e paz,
Quem sabe uma fuga ou esquecimento
Rápido e momentâneo.

Do alto de um prédio em chamas
Contemplo o passado e o futuro
Se contorcendo num presente
Mudo e vazio.

As cordas que eu usaria para outro fim
Agora me prendem a esse começo inerte
De um final que sempre se afasta,
Lento e frio.

Mas pelas arestas da minha mente
Ainda vejo a luz branda,
Do Anjo da Noite,
Quente e triste.

Suas pequenas mãos seguram meu coração,
Aquecem minha alma doentia,
Tornando morte em vida,
Olhar em devoção...
Alex Dumal
Enviado por Alex Dumal em 26/10/2006
Reeditado em 18/09/2010
Código do texto: T273968

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alex Dumal
Guara I - Distrito Federal - Brasil, 38 anos
43 textos (1460 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 06:35)
Alex Dumal