Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Areia Doce
           



Teu corpo tem um gosto meio mole,
meio morno, meio manso.
É uma faca que atravessa doce
a minha carne pálida
de estrela implodindo.

Teus olhos têm um jeito calmo,
trêmulo, cortante, vasto.
É um poço de profundeza branda
que resgata minha inocência
e me toma num tempo certo,
sem mistério,
sem fim,
sem nada.

Somos então, dois sois.
Luzes vastas que se ascendem,
que se doam, se transformam
e finalmente se fundem...
N´um só brilho,
em plena nova manhã.














AndreaCristina Lopes
Enviado por AndreaCristina Lopes em 28/01/2005
Reeditado em 28/12/2010
Código do texto: T2752
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
AndreaCristina Lopes
Cascavel - Paraná - Brasil, 43 anos
483 textos (22678 leituras)
6 áudios (660 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 09:14)
AndreaCristina Lopes