Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UNI / VERSO REVISITADO

Fino aço laminado. Homens forjam Charqueadas (*)

Formiga, luz / caolha
oleosa hulha, rosto nu
– subindo e descendo –
réstia do sangue da terra
esdrúxula coreografia.

Nos velhos mineiros,
rochas subterrâneas, carcomidos
– aura –
a transcendência despe / de os bretes,
a consciência.

Sobre coisas e bichos: fuligem
minúscula, permanente respiro
pulmões do carvão.

Cruci / ficção, dor carvoeira:
– olhos cerrados –
conchas cobertas de pó.

(*) Charqueadas – Município da região carbonífera do Rio Grande do Sul, onde se situa a Aços finos Piratini, atualmente, Siderúrgica Gerdau.

– Do livro O SÓTÃO DO MISTÉRIO. Porto Alegre: Sul-Americana Editores,1992, p. 67.
http://www.recantodasletras.com.br/poesias/275237
Joaquim Moncks
Enviado por Joaquim Moncks em 27/10/2006
Reeditado em 12/10/2009
Código do texto: T275237
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Joaquim Moncks). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Joaquim Moncks
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
2581 textos (709761 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 07:04)
Joaquim Moncks