Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Absorto poente



Absorto poente
 ==============ErdoBastos

Absorto, acaba-se o poente
nem assisto...
Meu olhar se perde,
indolente nem insisto.

Inacreditável!
Absorto poente me assiste!
Imperdoável...
Absorto, leve... mas triste.

Que faço agora?
Foi real, ou foi despiste?
Ainda que virtual
de algum modo te despiste...

Minha loucura explora,
meu querer insiste.
Não sabe ser virtual
porque sabe que existe.

ErdoBastos
Enviado por ErdoBastos em 27/10/2006
Código do texto: T275308

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ErdoBastos
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
789 textos (36903 leituras)
2 áudios (124 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 18:42)
ErdoBastos