Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu, flor...

Eu, fina flor...
que bradava aos quatros cantos,
que viajava léguas e léguas
em busca de um amor que não se permitia,
perdia-me em cada esquina...

Eu, pura flor,
pura menina,
cantava sem igual,
sem temer a morte que me rondava,
a cada vez que me perdia numa esquina...

Eu, fora flor...
agora, apenas menina!
De tanto esquecer-me em sua esquina,
parto agora de minha vida!
Tatiana Marques (Tath)
Enviado por Tatiana Marques (Tath) em 28/10/2006
Código do texto: T276192
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tatiana Marques (Tath)
São Gonçalo - Rio de Janeiro - Brasil, 28 anos
553 textos (19833 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:40)
Tatiana Marques (Tath)