Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NA PEGADA DO MACACO

Tirei pedras entre as areias
Caldo escaldante lira ardente
Fragmentos de tempos
Leito em rua outros passantes
Colecionador de moedas
Segura cada pertence achado
Na pegada do macaco
Tem uma trilha diferente
Olhos vistos, placa luminosa
Cerejas dançando pelos copos
Do tinto para outras divinas seivas
Uma roupa que rasga seios a mostra
Areia vazando pedras atiradas
A lira escala em caldo ardente
Fragmentos de sentidos
Rua passada em toscos leitos
Achando cada pertence seguro
Na pegada do macaco
Dó em mi maior adjacente
Neon no olhar, placa luminosa
Copo está vazio cerejas no maraschino
Sempre afim outra dose em bocas secas
Minha boca em teus seios doses lascivas

O afago que tomo inspira esse mar de solidão!

AUTOR:  Peixão 89
Peixão
Enviado por Peixão em 25/06/2005
Código do texto: T27639
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120251 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 14:58)
Peixão