Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"alguém sonha a alma da minha carne" - hilda hilst.


sina

o grito
atravessa
a concordância
em pronúncia
de nervuras
e indizíveis vocábulos
excitam a imaginação 

o éter escorre
à ponta da língua
e na alma
a sina e o ilusório
conjugam -se
em desalinho

nos lábios
salivosos
da expressão
tremem
inarticulados
dizeres e
ao canto
da boca desce
a palavra
de carne
e se espalha


a expressão
rubra
e inaudita
revela pedaço
de mim:
‘inserena’ 

e sobre
papel
o esboço
dum grito
‘sem-nome’ 
condena [me]

marcia eduarda
Enviado por marcia eduarda em 29/10/2006
Reeditado em 29/10/2006
Código do texto: T276634

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (márcia eduarda®). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
marcia eduarda
São Paulo - São Paulo - Brasil
534 textos (16560 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:08)
marcia eduarda