Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

HIATO - Versão original de 1994

Vendo sol descer,
Vendo sol raiar,
Só Deus sabe,
Só eu vi
O quanto cabe numa noite:

Grilos,
Luas,
Estrelas,
Orvalho,
Frio,
Braacatingas,
Taquaras,

Fogo de chão,

Espelhos d’água,
Lambaris,
Igarapés e suas vidas.

Mil vidas
As vidas da noite,

Mil vozes
As vozes da noite,

Mil cores
As cores da noite ,

Mil cheiros
Os cheiros da noite,

Mil pensamentos
Os pensamentos da noite,

Desceu o Sol,  acordou a alma que
Iluminou os olhos e acendeu a chama:

Viva está
A criatura feita para ver...

Ah, meu olho,
Se me dissesses o que há no fundo da retina !
Chico Steffanello
Enviado por Chico Steffanello em 30/10/2006
Código do texto: T277107

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Chico Steffanello
Sinop - Mato Grosso - Brasil, 58 anos
246 textos (31017 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:32)
Chico Steffanello