Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sapo poeta

O sapo
Viu uma coisinha voando
Deu água no bocão
Lambeu os beições
Mirou bem
A coisinha chegou perto
Ele olhou bem
Era uma linda borboletinha
Jovenzinha ainda
Branquinha com pontinhos pretos
Ficou encantado, não comeu
Ontem foi príncipe
Hoje é poeta
Carlos Henrique Fernandes Gomes
Enviado por Carlos Henrique Fernandes Gomes em 30/10/2006
Código do texto: T277652
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carlos Henrique Fernandes Gomes
São Paulo - São Paulo - Brasil, 45 anos
197 textos (12984 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:34)
Carlos Henrique Fernandes Gomes