Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

      LULA


Lula é um pernambucano
Do agreste do sertão
Quem na verdade diria
Que um dia ele chegaria
A ser chefe soberano
Desta grande nação?

Sendo ele nordestino
Vítima da sede e da fome
Como tantos outros teria
Que sair dali um dia
Seguindo-lhes o destino
De livrar-se da seca infame

Sem estudo, o menino
Longe do seu torrão
Enfrenta a grande cidade
Lutando com honestidade
E a vida lhe dá o ensino
Garante-lhe a profissionalização

Como um metalúrgico
Se agrega a associação
E junto aos sindicalistas
Consegue algumas conquistas
Porém nem mesmo um mágico
Mudaria a total situação

Na luta pela classe
Conquista os companheiros
E como bom combatente
É eleito presidente
Jamais houve quem o intimidasse
É um dos grandes guerreiros

Enveredou na política
E homem público se tornando
Muito bem representou
A quem lhe apoiou
Acolheu bem a crítica
Novas lições assimilando

Com muitas esperanças
Insistiu e persistiu
Por três vezes foi derrotado
E não ficou desenganado
Fez muitas alianças
E venceu! Não desistiu!

O povo brasileiro
Canta nas ruas, feliz
Confiando seu destino
A um simples nordestino
Desta vez o Brasil inteiro
Terá vez, o povo diz.



Poesia escrita logo após a vitória de Lula há quatro anos atrás.


marineusa
Enviado por marineusa em 30/10/2006
Código do texto: T277753

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (marineusantana@hotmail.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
marineusa
Brejo Santo - Ceará - Brasil, 71 anos
1726 textos (322835 leituras)
39 áudios (29269 audições)
18 e-livros (9104 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 06:11)
marineusa