Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UM SONHO FARSANTE

Nuvens turvas fazem que em sonho eu me enrosque
Trançando as pernas e errando passos de um tango
Deixando-me perdidamente só em imaginário bosque
Cujas trilhas lúdicas até mesmo dormindo, eu mango.

Inconscientemente, coço os meus olhos e me belisco
Subitamente me viro e logo noto que não é um sonho
Vejo que você me aguarda ao lado do nosso Obelisco
Regozijo-me e largo no passado o meu viver tristonho.

Corro pra seus braços, vou apressado num rompante
Na frente, chega meu coração mais atrevido e ligeiro
Mas ao lhe tocar, finda o encanto em breve instante
Pois, quem acaricio mesmo é meu próprio travesseiro!
Aldo Lopes
Enviado por Aldo Lopes em 31/10/2006
Código do texto: T278693

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Aldo Lopes). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aldo Lopes
São Paulo - São Paulo - Brasil, 60 anos
416 textos (37921 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 22:40)
Aldo Lopes