Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

 Meus versos que a ti dedico somente"
Ana Maria Brasiliense


Te deixo adormecer entre dunas em meu peito,
te cubro com meus braços quentes,
deixo-te sonhar até a noite chegar,
sem demora te acalento nas horas de agora.

No amanhecer só nosso
esqueço de tudo menos de ti.
Na canção dos deuses do olímpo,
ouço meu coração bater forte,
quando sinto o teu batendo além do devido
sem ritmo pra cá e pra lá.

Será que o amor em ti esta nascendo?
Se assim for,
então posso morrer agora agradecendo aos deuses...
Alguém correspondeu ao meu amor ardente.

Se tempo tivesse, ainda que por pouco tempo,
correria e nos teus braços me jogaria.
Com meu amor colaria teus cacos e aos meus juntaria.
Depois num breve tempo partiria...
deixando lembranças nas horas presente,
meu amor ardente que a ti dediquei
nas horas do passado...












 
Ana Maria Brasiliense
Enviado por Ana Maria Brasiliense em 01/11/2006
Reeditado em 25/10/2014
Código do texto: T278935
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ana Maria Brasiliense
Santos - São Paulo - Brasil
879 textos (36717 leituras)
14 áudios (880 audições)
3 e-livros (161 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 13:03)
Ana Maria Brasiliense