Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMANHÃ

Sinto o amanhã...
Como quem  não o sente
O amanhã ainda nem se fez presente!
Esse presente que em mim se incorpora
Tão presente
tão cheio de amanhãs...

Daqui a pouco...  Amanhã...

E, quando acordar não mais serei eu mesma
Serei essa que nasce para essa manhã...
Outra manhã que me faz outra
No sentir e no caminhar
Essa que pegadas não mais deixará... Impressas no chão...

Mas...
E, se eu morresse amanhã?...

Ah! Deixemos a brisa as cortinas abrir
E o fogo do sol  rastrear
Inundando a manhã.

01/11/2006
LUCINHA LECHEM
Enviado por LUCINHA LECHEM em 01/11/2006
Reeditado em 29/12/2007
Código do texto: T278998

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
LUCINHA LECHEM
Salvador - Bahia - Brasil
39 textos (2529 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:27)
LUCINHA LECHEM