Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Canção do cotidiano

Viver é bom demais...
Assim a vida, não cansa jamais...

Viver momentos tão só e gostosos
Como no céu estas estrelas a brilhar...

Durante a vida, experiência...
Ganhar e esperança conquistar.

E presa à copa do chapéu
A louca rosa inventar

Nome jamais dês um a um regato:
É outro no cotidiano o arroio a atravessar.

Nada nunca é igual,
Vai tudo reiniciar!

E sem qualquer invenção
Dos outros tempos idos,
A rosa atiro na ilusão
Do teu olhar perdido.
R J Cardoso
Enviado por R J Cardoso em 01/11/2006
Reeditado em 02/11/2006
Código do texto: T279088
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
R J Cardoso
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
3128 textos (79543 leituras)
2 e-livros (393 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:49)
R J Cardoso