Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SÉTIMO DIA

Não sei quem vai escolher,
Minha própria poesia,
Pro meu cartão de sétimo dia.
Espero que saibam escolher,
Colher do fundo do baú,
Pois agora eu jazo...
E um dia fui feliz,
Embora esteja estirado, (um defunto),
Revés da poesia, da vida...
Revés de tudo.
Paulo Tabatinga
Enviado por Paulo Tabatinga em 01/11/2006
Código do texto: T279159
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Tabatinga
Teresina - Piauí - Brasil, 56 anos
76 textos (930 leituras)
1 e-livros (24 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 18:50)
Paulo Tabatinga