Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quimérica fome...

A ilusão encanta, mas dói lembrar,
Que nem a distância, nem barreira qualquer,
Me impediram um só minuto de acreditar
Que poderia ser meu o coração dessa mulher!

Por onde ela anda, tão de mim esquecida,
Mas que tanta falta me faz?
A minha alada alma fica perdida,
E, quebradas as asas, não voa mais!

Perdeu-me esta maldita fome
Que o ser humano tem pela fantasia,
E tudo o que hoje me consome,
É um sonho que sonhar não poderia!
Antonio Maria S Cabral
Enviado por Antonio Maria S Cabral em 02/11/2006
Reeditado em 01/08/2012
Código do texto: T280347
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antonio Maria S Cabral
São Luís - Maranhão - Brasil
1271 textos (155705 leituras)
1 e-livros (286 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:43)
Antonio Maria S Cabral