Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

APAGÃO AÉREO

APAGÃO AÉREO

Mário Osny Rosa

Quando olho esse céu
Como estrada do além.
Nem penso de onde vem
O grande apagão no ar.

Loteie esse céu aéreo
E cobre logo o pedágio.
De um espaço importante
Antes de um caso sério.

Que volte os ministérios
Evite esses mistérios.
De um homem só saber
Algo logo pode esquecer.

Ou mesmo de outro ocultar
Para as providências tomar.
Só com um ministro
Pode acontecer um sinistro.

De um ministro da guerra
Do ministro da marinha.
Ao ministro da aeronáutica
Restou o ministro da defesa.

A diligenciar a tudo
Ministro das forças armadas.
Num comando irrestrito
Num país continental.

São José/SC, 2 de novembro de 2.006.
morja@intergate.com.br
www.mario.poetasadvogados.com.br
Asor
Enviado por Asor em 02/11/2006
Código do texto: T280571
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Asor
São José - Santa Catarina - Brasil
1677 textos (36854 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:15)
Asor