Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Longa Caminhada


Quebrei as algemas da desilusão
Parti de encontro ao desconhecido
Cada pouso é um alento á alma
Coração descompassado pede abrigo

Em cada canto um ombro amigo
Pra descansar do meu cansaço
Carrego comigo veredas e sonhos
Restos de mim e me refaço

Na estrada  da vida surgem as curvas
Venci tempestades e longas chuvas
Aonde cheguei meu o meu destino não é ainda
Vou sem preocupar-me por quanto se finda

Não faço escolhas, nem seleções
A vida me leva e traz as emoções
Quando solicito sou ao viver
Cada vez mais longe consigo ver

Não quero sozinho a este fim cruzar
Para que eu possa compartilhar
Deste sabor de um dia vencer
E ver que todos conseguem viver.

           

Nelciene Santos
Enviado por Nelciene Santos em 03/11/2006
Código do texto: T280754

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Textos: Nelciene Santos http://recantodasletras.uol.com.br/autores/poesinel). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nelciene Santos
Cabo de Santo Agostinho - Pernambuco - Brasil, 44 anos
1098 textos (68609 leituras)
1 e-livros (34 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:48)
Nelciene Santos