Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O vôo da serpente



O vôo da serpente
==================ErdoBastos

A serpente que no rés se arrasta
Possui veneno que à morte doa
Enquanto a águia, em liberdade vasta,
Grita anunciando que a morte voa

Voa soberba, a soberana ave
Rumando ao monte, ninho no pico
Na proteção do rochoso enclave
Pousa trazendo a serpente no bico

Antes da morte, o sonho de uma vida
A sensação de voar ao léu
Antes de ser da águia a comida
Voa a serpente, que assim  cruza o céu

Nascida sem asas,  destinada ao raso
Invejou o voar, ver do alto a montanha
Foi por destino, e não por acaso
Cobra que voa, ironia tamanha...

Por um só vôo, um prazer pequeno
Um sonho alimentado de ambivalência
Voa a serpente, contra o destino terreno
Realiza o sonho, encerrando uma existência.
ErdoBastos
Enviado por ErdoBastos em 03/11/2006
Código do texto: T280909

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ErdoBastos
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
789 textos (36905 leituras)
2 áudios (124 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:32)
ErdoBastos