Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando o amor vira orgulho

É angustiante, por hora,
demasiadamente torturante,
traçaste caminhos recíprocos,
o qual pretende chegar ao fim,
mas nem sequer percebeu,
que perdeu a direção,

dita regras, encontra palavras,
como se fosse dona da razão,
maltrata e humilha quem havia estendido a mão,
e quando fala em liberdade,
nem sequer percebe o que se passa,
e ainda acha que está sempre certa,

a alma é rasgada, cortada,
como se cacos de vidro a penetrassem,
eu sinto ódio, sinto pena,
o que era amor agora é orgulho,
o que era sensibilidade agora é egoísmo,
e a alma podre não tem amor,

se ainda existe amor em tua alma,
que cale esta boca ou que seja humilde,
se ainda acredita em algo,
que busque seus ideais sem pisar em ninguém,
e se tanto queres liberdade,
que a obtenha, sem mentiras!

Marcelo Biolchi
Enviado por Marcelo Biolchi em 03/11/2006
Reeditado em 24/01/2014
Código do texto: T281302
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcelo Biolchi
Concórdia - Santa Catarina - Brasil, 33 anos
35 textos (4594 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:41)
Marcelo Biolchi