Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Perplexos – I

Garoa fina tocando a city pela tarde,
A correria que limpa as ruas em silêncio,
Ventos afoitos empilham folhas & papéis,
Depois de tantas comédias, acertou na loteria,
Uma bica danada na zica travestida de deidade muda,
Patience tocando para acalentar a alma,
Colagem cartesiana na têmpora varzina,
Cartazes divulgam a temperatura alta,
Rod Stewart cantando Creedence, acho,
Portão velhaco anda enroscando a toa,
A neblina continua cuspindo chuva fina,
Noite de recolher as asas às batatas,
Malogro no farol fechado, furtos,
Caminhantes se escondem dos malditos,
Tritura a pedra na sola reforçada,
Riscos no piso que a fagulha libera,
Toca telefone, filés de frangos fritos,
De bandeja o quique do joelho apronta,
Outra batida na quina, vinte mil,
Luz verde, liberado para viajar...

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 05/11/2006
Código do texto: T282720
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120251 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:42)
Peixão