Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O OLHAR DA MANHÃ

*Fanny*

E o sol brotou na flor do dia
derramando pétalas de luz doirada
e os olhos da manhã abriram-se docemente
no berço do horizonte abençoado
despertando melodias esvoaçantes de vida.

Na sedução mágica daquele instante
o beijo do sol afastou as nuvens da ilusão,
Iluminou as sombras de tristeza
e anunciou a beleza de um novo amanhecer.

Campos verdejantes exalando fragrâncias
que se estendem no manto cintilante do mar,
exibem diamantes refulgentes de poesia,
entoam sinfonias sagradas de infinito.

Meus olhos mergulham embevecidos
nesta luz de esperança renascida.
E eu agradeço a D'us esta oferenda merecida.

Cânticos de Paz harmonizam-se em minha alma...
Brisas de luz trazendo alegrias...
ventos de fé afastando desarmonias.
Fanny Estrela
Enviado por Fanny Estrela em 27/06/2005
Código do texto: T28278

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fanny Estrela
Portugal
230 textos (6828 leituras)
1 e-livros (100 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 13:42)
Fanny Estrela