Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pretenso poeta


Não sou poeta.
Sou uma energia viva
carregada de sonhos, vivências e emoções,
que se incorporam à essência do meu ser.
O que eu escrevo flui dessa essência,
que me habita mas, não me pertence,
e as palavras que saem do meu coração
sempre a levam, sem disfarces.
Quando eu disser que te amo,
verás a verdade chegando
na velocidade da luz dos meus olhos,
antes mesmo de ouvir o som da minha voz.
Quero ter a capacidade
de unir sentimentos dispersos
e transformá-los nas tuas verdades.
Quero perceber, ao primeiro sinal de tristeza,
o teu olhar pedindo o meu abraço
e as tuas primeiras lágrimas,
molhando os meus ombros
antes que molhem teu rosto.
Quero escrever sobre os teus sonhos e vitórias,
sobre os teus questionamentos da vida,
sobre as tuas descobertas precoces e tardias.

E notarás um dia,
que a poesia foi apenas um pretexto
para que eu pudesse escrever a história da tua vida.



RSanchez - (21/10/2001 14:57:39)

PuraReflexao
Enviado por PuraReflexao em 27/11/2004
Código do texto: T283
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
PuraReflexao
Campos do Jordão - São Paulo - Brasil, 62 anos
101 textos (15456 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/09/16 03:53)
PuraReflexao