Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desejos

Querer
A verdade como roupagem
A integridade tal o escudo
O modo de dizer sem rodeios
Aqui, o dar-se todo e a fundo

Saber
A vigília de todo achado
Inteiramente insone
Matar a intensa sede
Livrar-me de qualquer fome

Poder
O sono asséptico
De dormir pedra
Sonhar a lua
E acordar poeta
Wilson Correia
Enviado por Wilson Correia em 06/11/2006
Reeditado em 19/11/2006
Código do texto: T283338

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wilson Correia
Amargosa - Bahia - Brasil
1192 textos (498994 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 13:23)
Wilson Correia