Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Renovação



Renovação
=========ErdoBastos

Há no meu céu lua nova
Quarto crescente
Dura prova
Solidão inconsciente
Mas não inconseqüente

A solidão me renova
Volto a ser gente
Só assim me aprova
O paladar exigente
Da boca da cova

Corpo esguio e dormente
Que desce ao buraco no mundo
Alma que jaz, indolente
E desce ao escuro profundo
E ali, a vida desova...

Nada vem de memórias...
Nem da boca do povo
Até o corvo de Poe
Nasce de um ovo
Que outro corvo põe

Parto
Presente de partir
Ato de parir
Prerrogativas de quem vai
Um no buraco entra, outro dele sai...
ErdoBastos
Enviado por ErdoBastos em 06/11/2006
Código do texto: T283357

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ErdoBastos
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
789 textos (36907 leituras)
2 áudios (124 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:19)
ErdoBastos