Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cogumelos Molhados!

Dissipa-se o dia com a fria noite,
Outra semana passante, vigília,
O azedo que desmonta sem compaixão,
Incertezas que tem, era & envelhecia...

Tráfego de tantas almas, mira clemente,
O que fazer diante da tela vazia,
Rasgar o couro, viver coração,
Água cristalina, o corpo prometia...

Fugas alucinadas, afago & deleite,
Sombras & vestígios pela mobília,
Horas dilatadas, parca informação,
Aromas arrogantes, nódoa & ventania...

Outras impressões no olhar delirante,
O próximo gozo que bem sofria,
Lampejos abusados na vez do tesão,
Palavras soltas & o tempo que se perdia!

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 06/11/2006
Código do texto: T283404
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120252 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 07:14)
Peixão