Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

APARÊNCIAS

Com boa aparência
Mantemos as aparências
Aparêcias do que somos
Aparências do que não somos
Com boa aparêcia
Aparentamos como estamos
Mas as aparências enganam
Porque não estamos aparentando
O que aparentamos
E aparentar cansa
A falsa aparência
Se esgota de aparentar
Essa vida de aparências
Tem limite de aparentar
Tão aparente, que se faz notar
Pois no limite da aparência
Se deixa escapar o aparentar
Ninguém aguenta aparentar tanto
Por isso não aparento mais
Chutei o balde e mostrei a verdadeira aparência
Aparento o que sou e o que sinto do meu viver
Não aparento e mostro a todos o que não sinto mais e o que acabou!...
Maysa Barbedo
Enviado por Maysa Barbedo em 06/11/2006
Código do texto: T283452

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maysa Barbedo
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
2967 textos (326137 leituras)
7 áudios (1543 audições)
104 e-livros (20164 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:03)
Maysa Barbedo