Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MULHER EM TODOS OS MOMENTOS

Olhar negro profundo
Inunda a vida de carinho
Esconde a força lá no fundo
D’alma onde fez o seu ninho.

A boca é sem lamentos,
O rosto de sorriso decorado,
Mulher em todos os momentos,
Astro no céu encravado

Mirando as aves que vagueiam
Em praias desertas onde corsários,
Fantasmas que à luz se arqueiam,
Depositando n’areia os seus relicários.

Dorme em leito de peliça...
O amor não  é proibido
Para a flor do campo que viça
Em terra de desejo contido.

Dança com passos de lutador,
Enfuna os seios como dois faróis
Corajosa enfrenta a dor
Resplandecendo mais que mil sóis.

O corpo esparge perfume,
Odor de cravo envolvente
A voz em delírio resume
A paixão, em si, latente.

Mulher és forma bendita
Lapidada com toda malícia,
E a bíblica história ressuscita
Sempre que o homem com perícia

Morde o teu fruto proibido.
O paraíso não desmorona,
Jorra água da fonte da libido
E nela te banhas, ó madona...

27/06/05.
Maria Hilda de Jesus Alão
Enviado por Maria Hilda de Jesus Alão em 27/06/2005
Código do texto: T28351

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Hilda de Jesus Alão
Santos - São Paulo - Brasil
848 textos (343061 leituras)
19 áudios (10579 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 11:50)
Maria Hilda de Jesus Alão