Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Silêncio do Instante


Ainda sinto a dor do gelo
Como a faceta de uma pedra
No teu beijo de ausência.

Senti ser o canto último
De quem se deixa ser íntimo
No silêncio do instante.

A melodia imóvel no corpo
Sem sentir o riso da noite
À deriva sem um porto.

Ocultando o rosto em lágrimas
Que de vida hoje é morte
Entregue à própria sorte.

Lançaste teu raio mais frio
Anestesiando o gesto, o sonho!
Tornando indiferente os beijos teus.

Não me abriga a desventura
A flor na sombra ainda dura,
E floresce pétalas de paixão.



06/11/06
LuliCoutinho
Enviado por LuliCoutinho em 06/11/2006
Reeditado em 24/01/2007
Código do texto: T283979
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
LuliCoutinho
São Paulo - São Paulo - Brasil
863 textos (158645 leituras)
2 áudios (428 audições)
7 e-livros (1313 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 04:08)
LuliCoutinho