Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ser Teu


    Ser Teu

Meus olhos anseiam pelos teus,
desejam ver-te, mulher, por inteiro,
Na nudez e na intimidade dos amantes.
O corpo que sempre, mesmo antes,
amara e possuíra até nos sonhos.

Minha boca, língua e lábios,
buscam, na memória teu sabor,
o calor dos beijos ardentes,
o mel que brota de tua flôr.

Meu peito sente a falta
de teus fartos seios,
afagados e sugados com carinho,
corações unidos, ávidos, acelerados.

Um pássaro em chamas,
pela lembrança de teu ventre,
insiste rebelde, pulsante,
com saudades de tuas róseas nádegas
e de teu ninho quente e aconchegante.

Todo meu ser está arfante
e assim tem sido todo tempo,
todas as horas do dia e, à noite,
desabo de tesão e saudade.

A distância afasta nossos corpos,
todavia, sensitivo, te recebo.
Percebo tua presença.
Tu vens e eu te aceito,
te incorporo e me revisto de ti.
Sinto teu cheiro à minha volta
e as tuas mãos me tocam.
Deitas ao meu lado e me entrego,
corpo e alma aos teus carinhos.
E, juntos, saudamos o amanhecer.

Zion Freire
Zion Freire
Enviado por Zion Freire em 06/11/2006
Código do texto: T284087
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zion Freire
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 66 anos
65 textos (2562 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:16)
Zion Freire